Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

cocó na fralda: Birds do it, bees do it

cocó na fralda: Birds do it, bees do it: Tenho esta mania esquisita há anos. Imagino as pessoas a... fazer o que as abelhas fazem. Não tenho culpa. Acontece-me. Às vezes a imagem qu...

Não costumo dar opinião mas não resisto até porque... olhe somos duas!!! Isso e a imagem linda de certos senhores ( e senhoras) pomposas no respetivo trono com um avalente dor de barriga. Enfim cada um faz o que pode para encarar alguns energumenos com um sorriso na cara , ainda que amarelado .
Em relação ao nosso queridissimo Gaspar... minha cara estou em crer que qualquer mulher adormece  no ato! E quando avorda é de manhã e ainda o encontra ali quase quase...
Desculpe mas vou ali vomitar e já volto sim?

terça-feira, 13 de novembro de 2012

PORTUGUESES OU A ARTE DE ENGOLIR SAPOS- ED. TROIKA/PSD






Nem vou falar da Merkel porque nada mais há a dizer e além disso almocei, coisa que raramente faço e não me apetece ficar agoniada.


Agonia por agonia, basta-nos a que estes senhores que se auto denominam de nossos governantes, nos dão a cada passo. Sempre é produto nacional !!

A última invenção destes senhores feudais para obstaculizar a greve é a formação de quadros da Função Pública no preciso dia em que a paralisação está convocada.

A situação de tão ridícula e patética chega a ser dolorosa!!

Passam-se anos ( ANOS!!) sem qualquer tipo de formação, por alegada contenção de despesas e quejandos. Mas em vésperas da maior greve algum dia anunciada na Europa toca a organizar formações à pressão!

Uma vez que, como é sabido a situação do país se deve em exclusivo aos funcionários públicos que, para além de serem principescamente pagos e com carreiras desbloqueadas e desempenhos avaliados com a maior das isenções, são o cancro da economia , vá de lhes dar formação para ver se aprendem qualquer coisinha! Por coincidência no dia da greve mas… é a vida, não houve intenção! Agora está bem de ver que, como a formação conta como créditos para a progressão lá para o ano 2037, e esta será a única nos próximos…três a quatro anos, quem não for arca com as responsabilidades.

Resumindo: o mexilhão é sempre o mesmo!!

Primeiro foram os dez por cento que nos tiraram ( sim sou funcionária pública e sim vou postar isto no meu horário de trabalho mas não , não tenho processo NENHUM em atraso!) logo para abrir as hostilidades. Seguiu –se o desaparecimento dos subsídios e agora temos duas alternativas: ou fazemos greve e lá ficamos novamente a patinar na suposta carreira ou vamos, quais cordeiros para o matadouro, ouvir um senhor convocado à pressa – estas formações foram todas marcadas esta semana!- falar em como encher chouriços em dia de protesto e engolimos mais um elefante verde.

Sim, porque os sapos já nós comemos .

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

RAS TRAS PAZ!







Todos nós sonhámos um dia ganhar um Nobel qualquer!


Eu pelo menos sonhava que um dia tocaria a bela medalha colocada no meu pescoço, por obras humanitárias ou por literatura. Sonhos!...

A União Europeia no entanto, estou em crer que jamais pensou coisa parecida e com razão! Conceder –lhe o Nobel da Paz só mesmo em sonhos e por piada!

Mas como o Mundo está de pernas pró ar e como dizia a minha avó desde que os homens começaram a mexer nos astros isto nunca mais teve conserto, lá temos a dita União galardoada com um prémio que começa a perder credibilidade.

Mas a que propósito estou eu a comentar um Prémio dado há semanas? Não , não é por síndrome de Rantanplan ( aquele que gane meia hora depois da carroça lhe ter atropelado o rabo!). É por raiva mesmo!!

Hoje é o segundo dia de greve na Grécia e para a semana a Ibéria entra também em protesto! Onde está então a Paz na União, digam-me cá?

Dizem os teóricos, os politicamente corretos que nunca a Europa viveu um tão grande período de paz como agora. A sério? ! Mesmo?! Mas de que tipo de paz , ou de guerra já agora, estamos a falar?

Guerra convencional? Tenham paciência mas esquecem-se da guerra nos Balcãs. “ Ah e tal, mas isso ainda não era na UE e como tal…” e como tal ficámos impávidos e serenos enquanto a Alemanha reconhecia unilateralmente a independência de Montenegro, abrindo assim a caixa de Pandora que teve como consequência uma guerra fratricida, xenófoba e vergonhosa.

Paz social? Não me façam rir que a coisa não está para graças! Nunca a Europa viu tanta contestação social nem nunca como hoje se esteve tão perto duma guerra .

Uma guerra que será diferente de todas as outras;: uma guerra civil europeia! Que tal como corolário dum Nobel?

Uma Europa que não é solidária, que se apresenta a várias “velocidades” , que não tem uma política fiscal comum, uma política externa comum… nada em comum é uma Europa desunida, fragilizada, moribunda!

Pensando bem se calhar não foi mal pensada a atribuição do Nobel . Só que deveria ter sido referido o seu título póstumo em homenagem aos pais da ideia tão bela, nobre e utópica que não passou disso mesmo: um sonho!